sexta-feira, 16 de julho de 2010

Crescer dói? Acredite, sim.

Adoro ouvir e ajudar a resolver os problemas desses grandes - pequenos. São tão sinceros, nos fazem lembrar de quando éramos crianças e de como tudo passou rápido e até doí. Doí saber que pra eles vai ser da mesma forma: vão sofrer na adoslecência, puberdade, terão múltiplas personalidades e estilos, quais os amigos vão conhecer e querer por perto, as decisões que terão de tomar, os amores, as dores, as causas, as loucuras, uma explosão de novidades velhas..

Meu Deus, que saudade de ser pequena, de brincar com as bonecas, das brincadeiras de rua, das amizadeszinhas, dos doces, dos presentes de aniversário no qual Minha mãe e Meu pai me davam e quando chamavam todos os meus amigos de escola pra participar dos aniversários. Saudade das casas que eu morei, de pular corda, de toda essa infância que teve história.. Ai que saudade! Mas, saudade mesmo era não saber de nada, não conhecer o Mundo, achar que ele era só um Mundo no qual eu vivia e que eu não ia nunquinha sofrer porque demoraria à crescer, e que agora, já crescidinha, pego por me enganar mais uma vez.

pauladandara. (texto antigo, escrito dia: 13/09/2007)
william tem 15, o mesmo que paola. ele é 17 dias mais velho que ela.
os dois não são tão amigos como antigamente.
são bem diferentes um do outro.
paola reprovou, william passou mas, continua colando. RS
os dois cresceram bem mais (altura!) do que eu e apesar de tudo:
- o amor que sinto, cresce, sempre!

3 comentários:

  1. Éramos tão felizes com nossas crenças... realmente, que saudade destes tempos.
    Bjão Dandara

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir